Orçamento Rápido

Orçamento Personalizado

Pode ser que precisaremos falar com você antes de formular a proposta, para esclarecer dúvidas.
Informe seu melhor email. Preencha corretamente, pois enviaremos por email a proposta completa.

Lançamento de Produto Digital

Esse artigo foi feito pra você, que já ouviu falar em lançamento de produto digital e se pergunta:

O que realmente é um lançamento? Existe mais de uma forma de lançar um produto? Qual será a diferença entre eles?

Portanto, entenda melhor sobre esse novo formato de venda.

Afinal, o que é lançamento?

Lançamento de produtos digitais é uma estratégia de marketing para vender infoproduto. Um dos objetivos é gerar um pico de faturamento em um curto espaço de tempo.

Nos dias de hoje, o lançamento de infoprodutos é uma das formas de venda mais agressivas do mercado. O carrinho fica aberto apenas por pouco tempo, e isso ativa o gatilho mental da escassez.

Então, os clientes têm a sensação de que, se não fizerem a compra naquele momento, perderão uma chance. Esse tipo de venda gera uma grande influência no comportamento de compra das pessoas. Elas acabam, portanto, comprando por impulso.

Porém, para que a venda dê certo, é preciso muito trabalho antes da sua execução. Para que um lançamento funcione de forma perfeita, a antecipação é um princípio fundamental. Você precisa construir um bom relacionamento com seu público, autoridade e  gerar confiança.

Trabalhar com uma boa ferramenta de automação de e-mail marketing. Além disso, ter a conta em uma plataforma de comercialização e distribuição de produtos digitais. Em outras palavras, é nela, portanto, que a venda se concretiza.

Tipos de lançamento

Existem 6 tipos diferentes de lançamento: Semente, Interno, Externo, Relâmpago, Afiliado e  Perpétuo.

Nesse artigo, vamos falar dos dois primeiros, o Semente e o Interno.

Lançamento Semente

O lançamento semente é o primeiro que deve ser feito. A finalidade é testar a aceitação do produto pelo mercado e é um dos mais baratos de ser posto em prática. Ele tem como principal característica ser vendido mesmo quando você ainda não tem o produto pronto.

Em primeiro lugar, você cria e conquista a audiência para depois oferecer o produto. Esse produto, porém, deve resolver o principal problema do seu público. Depois disso, você abre o carrinho e efetua as vendas.

Posteriormente, após o fechamento do carrinho, o produto será entregue. O objetivo desse lançamento não é vender muito, e sim, validar o produto.

Lançamento Interno

Geralmente, é indicado ser feito após o lançamento semente. Em primeiro lugar, você valida a sua oferta, e depois lança o produto com o interno. É um dos mais eficazes, porém, um dos mais difíceis de colocar em prática.

Dá mais trabalho para executar, pois requer um bom planejamento estratégico. Ele pode ser aplicado em diversos tipos de situações, produtos e mercados.

A estratégia se baseia em:

-atrair pessoas interessadas em um assunto relacionado ao seu produto;

-fazer com que elas manifestem suas dúvidas e necessidades;

-mostrar de várias formas o produto a ser vendido.

No lançamento interno, o objetivo principal é vender muito.

Conclusão

Depois de todas essas informações, vale ressaltar, no entanto, que o lançamento, qualquer um deles, é uma modalidade de venda. Não é, então, um modelo de negócio. Pensar assim é um risco. Ele deve, portanto, ser visto como mais uma oportunidade de alavancar seu negócio com um novo produto digital.

Esse conteúdo foi útil? Conhece alguém que quer lançar um produto digital?

Você já conhece o Gatilho Mental da Reciprocidade? Leia aqui nosso artigo completo.

Siga-nos no Instagram! Compartilhamos conteúdos incríveis lá: É só clicar aqui.