O Advogado como Empresário

O Advogado como Empresário

O Advogado como Empresário.

Os advogados são profissionais liberais, com bacharel em direito.

Porém, o advogado como empresário, já é hoje em dia, uma realidade.

O artigo 28 do Código de Ética da OAB dispõe:

“O advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação para finalidade exclusivamente informativa, vedada a divulgação em conjunto com outra atividade.”

A intenção da OAB é proibir a mercantilização do Direito.

Em outras palavras, quer impedir que o advogado não faça os seus serviços uma mercadoria.

Falar do advogado como empresário não é, portanto,  ir contra as normas da profissão.

Também não é analisar do ponto de vista como empresa.

Esse profissional e o seu escritório, no mercado atual e  mais digital, enfrenta todos os dias, novos desafios.

E uma das ações que mais mostram essas mudanças é o do próprio cliente, que busca por soluções cada vez mais novas.

A advocacia não é uma atividade empresarial, para atender às  demandas requisitadas pelos clientes na área jurídica.

Porém, o escritório de advocacia deve sim, ser tratado como uma empresa, afinal, existe custo e lucro.

Portanto, entenda que como qualquer empresa, precisa de gestão, clientes, marketing, tecnologia, superar a concorrência…

Contudo, são poucos os advogados que conseguem enxergar esse novo cenário no seu ramo em meio a essa revolução digital.

E esse é o primeiro passo para tomar decisões que atendam a esse novo público exigente de resultados nesse mercado competitivo.

E você, advogado que já tem essa visão, saia na frente e invista no marketing jurídico!

 

Marketing Jurídico

O marketing é hoje o coração de qualquer empresa e não deve jamais ser deixado em segundo plano.

Para a advocacia, ele é a melhor forma de  ter presença digital .

E também a melhor estratégia para atingir o público da maneira ideal, de acordo com o objetivo.

 

Benefícios do Marketing Jurídico

Site

Tenha um site otimizado, simples e intuitivo.

Além disso, que seja também responsivo para todos os dispositivos.

Alimente sua página de blog para que seus artigos alcancem uma boa posição nas páginas de busca.

Lembre-se: o blog é uma das melhores ferramentas para o tráfego orgânico.

 

Redes Sociais

Eduque seu público, de forma constante, mesmo que nesse momento ele não precise dos seus serviços.

Você cria engajamento e empatia com conteúdo rico.

Esclareça as dúvidas, ouça o que o cliente tem a dizer.

Ajude-o a resolver problemas, fidelizando o cliente e ativando o gatilho da gratidão.

Produza sempre conteúdos relevantes, que responda das dúvidas.

Gere autoridade e se torne referência dentro da sua área de atuação.

Conquiste novos clientes, porque, com certeza, seus seguidores vão partilhar seus conteúdos com seus amigos e parentes.

 

Portanto, aumente o alcance do seu escritório!

Quando o potencial cliente precisar de um advogado, ele vai se lembrar de você, em primeiro lugar.

O marketing jurídico é, sem dúvida, a alma de qualquer negócio e a melhor forma para mensurar resultados.

 

Marketing Jurídico: Conheça

Traga seus clientes até você: Saiba Mais

Deixe uma resposta